Agora que você já entendeu o que é a tabela IRPF, é hora de saber como fazer a declaração e quem deve declarar o Imposto de Renda 2019. Acompanhe o passo a passo abaixo para compreender melhor todo o procedimento:

Tabela IRPF

  • Passo 01. Comece baixando o programa oficial para declarar – idg.receita.fazenda.gov.br. Quem declarou no ano anterior, pode apenas atualizar o programa já existente seguindo para menu Ferramentas – Verificar Atualizações.
  • Passo 02. Na primeira página do programa você deverá escolher entre as opções: importar dados da declaração anterior ou começar uma nova declaração.
  • Passo 03. Depois disso, escolha “Declaração de Ajuste Anual”, e inclua o seu CPF para começar a sua prestação de contas. Prossiga escolhendo entre o modelo com desconto de 20% (limitado a R$ 16.754,34), ou completo, para se usar as deduções legais.
  • Passo 04. Feita essa introdução, é hora de preencher os campos com as informações necessárias. Você deverá acessar as abas, e preencher aquilo que está de acordo com a sua situação.
  • Passo 05. Inclua seguro desemprego, rescisão contratual, e quaisquer outros valores que tenham entrado em seu rendimento.
  • Passo 06. Depois disso, vá para o “Resumo da Declaração” e depois o “Cálculo do Imposto”. Clique para enviar e guarde o comprovante.

Conheça a tabela IRPF 2019 para não ter descontos indevidos, e entenda os valores restituídos. E caso tenha ficado com algum tipo de dúvida, deixe o seu comentário logo abaixo e aguarde nossa resposta.

Prazo

Para que o contribuinte fique ligado, o prazo IRPF costuma ser divulgado com muita antecedência, além de ser uma informação muito divulgada. Caso você seja o perfil que acompanha noticiários, possui acesso à internet ou mantém contato com outras pessoas, com certeza vai ficar sabendo disso de alguma forma.

Desde 2018, que o prazo começou a ser contado no primeiro dia do mês de março, com o prazo máximo finalizado no dia 30 de abril, as 23h59. Ou seja, o período de tempo para o IRPF foram dois meses exatos.

O contribuinte que não cumprir com este período estipulado pelo IRPF 2019, está correndo riscos a multas. No ano de 2018 a multa mínima declarada foi de R$ 165,74 (cento e sessenta e cinco e setenta e quatro centavos) com taxa máxima de 20% do imposto devido. No fim de tudo, e é um bom dinheiro perdido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *